IV EBEP – Chamada de Trabalhos

A Rede de Pesquisa em Paz, Conflitos e Estudos Críticos de Segurança (PCECS) tem o prazer de convidar a comunidade de estudiosos/as e practitioners nas áreas de Estudos de Paz, Resolução e Transformação de Conflitos e Relações Internacionais a apresentar propostas de trabalhos para o 4º Encontro Brasileiro de Estudos para a Paz (IV EBEP),… Continuar lendo IV EBEP – Chamada de Trabalhos

Comunicação para a Paz e Cinema Intercultural: a Ruptura da Violência Cultural

Por André Aparecido Medeiros* e Raquel Cabral** A presença da violência A violência é tradicionalmente associada à sua versão direta – conforme classificação de Galtung (2005) –, manifestada por ameaças ou pela materialização de ações violentas, com o uso da força do corpo, de armas, de gestos e palavras ou de outra forma de maltrato.… Continuar lendo Comunicação para a Paz e Cinema Intercultural: a Ruptura da Violência Cultural

Nota sobre o dossiê 28 da Revista Organicom, “Comunicação, Estudos para a Paz e Violência Organizacional”

Por Maria Ap. Ferrari*  e Raquel Cabral** A comunicação para a paz (communication for peace) tem sido um tema singular no contexto dos Estudos para a Paz. Ao refletirmos sobre violência cultural entendemos que a comunicação é um elemento fundamental no processo de transmissão e legitimação dos discursos sociais que naturalizam determinados valores, princípios e… Continuar lendo Nota sobre o dossiê 28 da Revista Organicom, “Comunicação, Estudos para a Paz e Violência Organizacional”

Resenha de Pós-Guerra? Percursos de violência nas margens das Relações Internacionais

Por Roberta Holanda Maschietto Centro de Estudos Sociais, Universidade de Coimbra   Durante muito tempo a discussão sobre a paz nas Relações Internacionais (RI) permaneceu centrada na superação das guerras (seja interestatais, seja intrastatais), na elaboração e implementação de acordos de paz e, assim, na cessação da violência direta em seu formato ‘político’, ou seja,… Continuar lendo Resenha de Pós-Guerra? Percursos de violência nas margens das Relações Internacionais